out 19, 2014

Escritora | Categoria Poesias | seja o primeiro

Adeus ingrato

casal
Tu não vais mais me ter
Eu não quero mais você!
Chega de bancar o meu esposo
Estou noutra, quero alguém mais gostoso!
Já chega de viver essa vida danada!
Estou mais que transtornada
Com essas brigas, e essa abstinência sexual
Quero o divórcio e que seja consensual.
Vou-me embora, desejo ser amada
Ter alguém que me ame de verdade
Nosso casório já era! Hoje é fogueira apagada!
Mesmo porque você apagara
O restinho que restara

Com aquela quenga safada que arranjara.

Share
" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário