ago 16, 2014

Escritora | Categoria poesia | seja o primeiro

A Doida do Kim

louca
Chegara mais uma do harém do sertão
Com uma cara de xiquexique; só vendo!
Um vestido malinjorcado, de chitão
O chinelo de dedo; com um chiado tremendo.
Mais uma doida do time do Seu Kim
No currículo, consta que come até pedra
É, sempre cabe mais uma de estopim
Outra companheira a contaminar a atmosfera.
Ela chega a ser hilária!
Maquiada e com cílios postiços
E um pra dentro e pra fora. Ê, estrupiço!
A Doida abafa!
É mais uma doida de atirar pedra!
E tem um corpiccio de atretra!
" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário