fev 27, 2014

Escritora | Categoria Poesias | seja o primeiro

Ecce Homo a priori

monstro1
Muito honesto, sábio e bom caráter
Sem nada que o abomine
Data venia, sua história não o redime
Qui habet aures audiendi audiat.
É um homem vil, e cruel
E não tenho nenhuma dúvida
A sua astúcia é lema de vida
Bicho traiçoeiro do cão! É implacável!
Quem não o conhece, que o compre!
É fingido, e dissipa que é uma beleza
E ainda dá uma de santo. Que natureza!
Faz guerra pra ganhar em dólar
Mata crianças inocentes

Depois, ainda se diz complacente.

" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário