ago 16, 2012

Escritora | Categoria Artigos, Destaque | seja o primeiro

A FÁBRICA DA GREVE

A FÁBRICA DA GREVE

Cena 1
Sala de aula de uma universidade qualquer do Brasil.
Professor Dedier: Gente, essa greve é só pra atrapalhar os nossos trabalhos.
Aluno: É mesmo, professor, mas fazer o quê?
Professor: Verdade, Marcos, vai-se fazer o quê?

Cena 2
Na assembleia geral dos professores, a greve é deflagrada; e por tempo indeterminado.
(assembleia lotada)

Cena 3
O Campus universitário entregue às baratas. Alguns poucos alunos circulando, ainda sem entender o porquê da paralização. É aquele marasmo.
(salas e departamentos vazios, nenhuma viva alma no campus)

Cena 4
A sociedade por fora, não dá a mínima ao problema. Assiste pela mídia, mas não se toca. Concordam com a reinvindicação dos professores, porém à distância; na verdade não é um problema dela. (através de depoimentos)

Cena 5
Os jornais televisivos anunciam 1 mês e meio de greve. Nada fora resolvido. Nenhuma palavra do governo a respeito.
(os professores reunidos comentam entre si)

Cena 6
Em todos os âmbitos da sociedade, silêncio absoluto ‘ficaremos calados, para vermos como ficamos’.
(depoimentos do povo nas ruas)

Cena 7
Os alunos já acomodados, e tranquilos. “_Eu quero não, não vou, meus professores não querem não!” 3x. (depoimentos dos jovens nas suas residências)

Cena 8
O circo armado de acordo com o combinado, isto é, a máfia da greve satisfeita com os resultados obtidos. Já são 45 ou 50 campus a aderirem à greve. Querer mais o quê? Que a greve role por uns 2 a 3 meses. Somente contabilizando os lucros por estarem parados, sabe como é? Se não há aula, os gastos são pouquíssimos, com água, energia, sabão, papel, tinta, papel higiênico, café, detergentes, vassouras, e muitas outras coisas. É só tirar uma média com os gastos de uma casa; se as pessoas viajam e fecham as portas, e abrem somente quando voltam; quanto terá diminuído o gasto das despesas básicas?
(mostrar os fatos através dos jornais antigos)

Cena 9
Os professores de repente são conclamados a voltarem senão os pontos são cortados. Daí, tudo volta ao normal.
(através da mídia televisiva)

Cena 10
A Greve foi um sucesso, como já acontece há mais de 30 anos nas universidades brasileiras. Tudo sai nos conformes. Inclusive, a dispersão total dos alunos, seja intelectual, mental, ou humana; de maneira caótica, prejudicando-os a realizar um trabalho criativo, produtivo e crítico; propiciando assim uma apatia geral nos estudantes. A greve conseguiu apagar o fogo do conhecimento que, nessas alturas do campeonato, virou cinzas. Agora é recomeçar uma outra história: A Fênix da educação.
(Na secretaria da educação em Brasília, os mafiosos contabilizam os lucros; certificam-se de que pra eles é melhor uma universidade fechada do que o estudante educado)

fim

Atenção: Nada contra os professores irem atrás dos seus objetivos. Mas, que eles, juntamente com alunos, e sociedade de modo geral reivindiquem sem essa de paralização. Dessa forma como fazem, na minha opinião, existem forças ocultas por traz a articularem toda essa situação caótica.

" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário