nov 27, 2012

Escritora | Categoria Carta aberta | seja o primeiro

O Homem retorna ao mundo do macaco

O Homem retorna ao mundo do macaco

Será que existem dois brasis, hein? O do sul (sudeste) e outro do norte(nordeste)? O Brasil do sul (sudeste), o privilegiado desde de nossa colonização, pelo idos de 1500; e o Brasil do norte (ne), relegado ao descaso e ao abandono também por essa época. Pra mim, ficou bem claro, agora, com a polêmica contra o projeto aprovado pela Câmera Federal que redistribuem os royalties do petróleo entre os estados federativos a partir de 2013. Não tem como se pensar que somos uma única federação e que, por isso mesmo, somos um só povo, uma só nação. Engodo! Está mais que provado que o nordeste e o norte fazem parte de outra nação brasileira. A Nação relegada à própria sorte, preterida pelo sul(sudeste) do país. Fosso que, em minha opinião, se acirrará muito mais pelos despautérios daqueles gananciosos. É preciso dizer, fomos preteridos desde nossa colonização, tempo em que a coroa real se instalou no estado do Rio de Janeiro. Tudo de bom se concentrou no sul(sudeste). As bondades, em relação a dinheiro foram restritas ao ‘sul maravilha’; como ficou conhecido. Quem não sabe disso? Ver-se em toda nossa história o quanto o sul(sudeste) fora beneficiado. Nós, nordestinos e nortistas, nunca fizemos bafafá nenhum. Com um governo, hoje, centrado na desigualdade social, com um olhar mais carinhoso pra outra parte brasileira, mais carente de comiseração,essa mamata tende a acabar. Isso, leitores! Imaginem  uma capital como João Pessoa, com 426 anos, quase meio século, não possuir um polo industrial. Por quê? Porque todas as fábricas que vem se instalar no Brasil, ficam no Rio e São Paulo. E outras aberrações, leitores! Nada é por acaso! E nada é impossível ao homem! A água tanto bate até que fura. A história acabou quando furamos a barreira política da ‘elite’, que somente os favorecia. Foi preciso desarticular os parâmetros monolíticos que amarraram o desenvolvimento da outra parte de cá da nação; pra isso fora preciso um nordestino arretado pra furar esse círculo vicioso de monopólio nas mãos de apenas uma parte ‘dona’ do país. O ‘Cara’ foi ele mesmo! Esse nordestino raçudo foi o Inácio Lula da Silva. Ele furou o bloqueio de quase 500 anos de descaso com nossa gente. Ele abriu as comportas do dinheiro pra esse outro lado do Brasil. Leitores, hoje, fez-me pensar como 200 mil pessoas (estatística da polícia carioca; fonte internet); inclusive, governadores, deputados e até uma atriz como a Fernanda Montenegro se passa pra sair às ruas, gritando a presidenta Dilma Rousselff não sancionar um projeto que é de todos nós?! Em minha sã consciência, a rixa a partir desse fato vai, com certeza, se acirrar ainda mais. Não tenham dúvida, leitores! Ah, outra coisa, queremos também o que os sulistas (sul e sudeste)  nos devem com juros e correção monetária por meio século de mordomia.

" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário