set 17, 2014

Escritora | Categoria Poesias | seja o primeiro

A Monga & Cia

MONGA
Há de tudo, desde palhaços até mulher elástico
O globo da morte, com ciclistas irados
Bailarinas e trapezista especializados
A Monga e Cia empreende sua arte com arrojo plástico.
Há até homem que faz serpente dançar
Com sua flauta, dá o tom e ritmo do bailado
A peçonhenta faz, às alturas, aquele gingado
Uma graça! É espetacular!
E Show, à parte, é a Monga!
É um entretenimento certo
A todos que desejem assisiti-lo, está aberto!
Como manda o figurino
A Trupe não tem modéstia

É um espetáculo e ninguém contesta.

" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário