dez 17, 2014

Escritora | Categoria Poesias | seja o primeiro

São tantos Josés quanto os Ramsés no Egito

hamsés
Na minha vida, são muito os Josés
Primeiro, o meu querido pai; segundo, o Poeta
Terceiro, José Inácio Lula da Silva Porreta
Fizeram, por supuesto, minha cabeça como os Ramsés!

Na Paraíba, Josés é o que não faltam!
Especialmente, em famílias cristãs!
José, de Maria; nossa Mãe!
Homenagens não faltam pra quem almejam.

Drummond já dizia: “- E agora, José?”
Eu digo-lhes, Josés: “-Amo ocês de paixão!”
E trago a todos no meu coração.
Os três moram no fundo do meu coração!
E não pagam nenhum imposto
A humildade é-lhes comum e eu gosto!
Share
" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário