maio 5, 2015

Escritora | Categoria poesia, Poesias | seja o primeiro

À minha princesa

princesa1
As rosas no roseiral
nessa esplêndida manhã
Parece um bordado artesanal
numa alegria e afã
de um louco sinal
toda a realeza deslumbrada
no palacio real
caso-me com a princesa encantada.
A formosura dessa dama
fez-me toda a diferença
seu príncipe a deseja e clama
quer consolidar as alianças
dos reinos; de forma
que assim, o casorio é certo
solução e estratagema
meu reinado está perto.
Será, pois, o mais belo anelo
muita festa com ricas ambrosias
comes e bebes no castelo
tudo com requinte e harmonia
um dia de Otelo
Shakespeariano, minha rainha!
Feito com muito zelo
e amor; com certeza.
A ti, princesa bela, eu te revelo
esta canção, que um cantador
virá a cantar no castelo

do teu, do meu, do nosso amor!

" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário