maio 8, 2015

Escritora | Categoria Poesias | seja o primeiro

Descartiano

Descartiano
descartes
Penso, logo poetizo!
A vida é um pensar constante
E eu, nesse barco, vou avante
Realizando meus improvisos.
Seja dia, noite ou madrugada
Não para! Vou conforme a maré
Devagar e sempre, pois tenho fé
Donde eu profetizo altas paradas.
Descartes se arrepiaria com a hibridez
Não me falta ares pra cantar a realidade
Ainda, porque tudo bomba na interatividade.
A internet está na bola da vez
O mundo atingira sua democracidade
A vida é bela!Vivamo-la com altivez!
" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário