nov 15, 2009

Escritora | Categoria Poesias, Sem categoria | seja o primeiro

Sorria que a vida é bela

Sorria o quanto queira
Pois somente assim estará em paz
Desejo apenas que seja contumaz
De sua felicidade fagueira.

Sorria que espanta a tristeza
No rosto, creia apenas o sinal de amor
Uma flor desabrochou
Não guarda rancor; de certeza.

Seu viver recompensou
Triunfos, vitórias…conquistou
Não há do que lastimar.

No amor viveu a divagar
Essa foi a melhor performance de sua vida
Exemplo de história vivida.

Share
" alt="468 ad" class="foursixeight" />

Deixe seu comentário